top of page

Estratégias avançadas de transformação digital no agronegócio brasileiro

Estratégias avançadas de transformação digital no agronegócio brasileiro

Desafios desvendados, projetos digitais realizados.


A transformação digital está transformando o agronegócio brasileiro, trazendo benefícios como aumento da produtividade, redução de custos e melhoria da sustentabilidade. No entanto, também traz desafios que precisam ser superados com investimento em tecnologias e estratégias avançadas.


Neste artigo você vai ler:

  • Desafios e crescimento sustentado através da digitalização

  • Superando a ineficiência em comunicação e dados no campo

  • Benefícios da transformação do agronegócio

  • Impacto da Transformação Digital


A transformação digital está redefinindo o agronegócio. Segundo o Banco Mundial, o setor é responsável por 10% do PIB dos países da América Latina. Só no Brasil, já representa 24,4% do PIB, estimado em R$ 2,63 trilhões (Cepea/CNA). E parte desse resultado pode ser atribuído à inovação. 


Vamos juntos examinar como a adoção de tecnologias digitais está impulsionando o crescimento e a eficiência do agro, destacando os desafios e as oportunidades que acompanham essa transição.


Desafios e crescimento sustentado através da digitalização


Desafios e crescimento sustentado através da digitalização

Desde os anos 1970, o agronegócio no Brasil se destacou por adotar a prática de duas safras anuais, um marco inicial em sua trajetória de inovação. Essa evolução não se deu apenas pelo avanço no maquinário, mas também pelo significativo investimento em pesquisa e desenvolvimento, culminando em um impressionante aumento de 59% no valor bruto da produção agrícola. 


A ascensão é marcada por um incremento médio anual de 1,4% na eficiência (Brasil, 2021), resultado principalmente da redução do uso do solo e da incorporação intensiva de tecnologias avançadas.


Este processo de transformação é parte de um fenômeno maior, conhecido como Agro 4.0, uma analogia direta à revolução da indústria 4.0. Neste contexto, a digitalização do setor agrícola promove uma mudança paradigmática: de decisões baseadas em intuição e experiência, passa-se a um modelo orientado por dados concretos.


A implementação da agricultura de precisão já trouxe melhorias significativas na produtividade agrícola, mas a digitalização promete otimizar ainda mais toda a cadeia produtiva. Essa otimização se estende desde o fornecimento de insumos, como sementes e pesticidas, até a gestão de estoques, pedidos, monitoramento geolocalizado de pragas e rastreamento remoto de produtos. O processo adotado facilita o planejamento e a integração entre os diversos agentes do setor.


Neste cenário, o crescimento da digitalização no Brasil é impulsionado pela automação de processos, pela otimização dos recursos e pelo aprimoramento na tomada de decisões, ressaltando a necessidade de soluções digitais que se integrem de forma eficaz às complexas operações do agronegócio.


A transformação digital já é uma realidade palpável, impulsionando o crescimento e a competitividade do setor. De acordo com dados da McKinsey, 39% da produção agrícola mundial já se beneficia da tecnologia, e no Brasil, esse número salta para 50%, sendo grande parte deste avanço atribuído ao uso de sensores remotos.


Contudo, a jornada rumo à digitalização plena enfrenta obstáculos significativos, como a escassez de recursos, a necessidade de capacitação da mão de obra, a vasta extensão territorial do país, resistência a mudanças e a complexidade inerente às operações agrícolas. 


Superar esses desafios poderia elevar ainda mais o patamar tecnológico do agronegócio brasileiro.


Cenário promissor do agronegócio

No Brasil, as maiores empresas do setor são responsáveis por uma parcela significativa da produção agrícola. Essas empresas estão investindo em digitalização para melhorar sua eficiência e competitividade, mas enfrentam desafios, como:


  • Complexidade das operações agrícolas: essas operações envolvem uma variedade de fatores, como clima, solo, culturas e insumos. Isso pode dificultar o desenvolvimento de soluções digitais que se alinhem com as necessidades específicas do agronegócio.

  • Falta de recursos: muitas vezes as empresas, especialmente as multinacionais, têm os recursos financeiros e humanos necessários para investir em digitalização. No entanto, podem enfrentar desafios de escala e integração de sistemas.


Se por um lado os desafios são grandes, os benefícios compensam, e muito. As tecnologias digitais contribuem para:


  • Aumento da produtividade: automatização de tarefas, melhoria da eficiência dos processos e tomada de decisões mais assertivas. Isso pode levar a um aumento da produtividade e da competitividade.

  • Redução de custos: redução de custos, melhora do gerenciamento de recursos e aumento da lucratividade.

  • Melhoria da sustentabilidade: redução do impacto ambiental de suas operações.


Superando a ineficiência em comunicação e dados no campo

Mas o agronegócio enfrenta desafios únicos em termos de conectividade e acesso a informações em tempo real. De acordo com o Agtech Report 2023, 73% das propriedades rurais brasileiras não têm acesso à internet.


Por isso, soluções como aplicativos assíncronos que funcionam offline, por exemplo, funcionam bem neste cenário. Estes, não só permitem o acesso a informações críticas e gestão de tarefas, como também aprimoram a comunicação entre as frentes de trabalho, resultando em melhor planejamento e execução das operações agrícolas.


Estimativas apontam que a conectividade pode aumentar até 20% da produtividade no campo e reduzir os custos de operação.


Benefícios da transformação do agronegócio 

A importância de uma presença digital forte

Com 87% dos agricultores brasileiros utilizando a internet para pesquisas sobre produtos e serviços agrícolas, a importância de uma presença digital robusta é inegável. Para líderes de empresas do agronegócio, isso significa investir em plataformas digitais informativas e interativas que não só disseminam informações valiosas, mas também engajam e educam seu público-alvo.


Impacto da Transformação Digital              

A digitalização facilita a comunicação eficiente em áreas com conectividade limitada, melhorando o planejamento e a execução de tarefas e reduzindo atrasos e erros operacionais.


Para os líderes do agronegócio brasileiro, a transformação digital oferece uma oportunidade única de remodelar operações, impulsionar o crescimento sustentável e fortalecer a posição no mercado global. 


A adoção de tecnologias avançadas e estratégias digitais inovadoras é essencial para superar os desafios complexos do setor e garantir uma vantagem competitiva duradoura.



Descubra como projetos digitais podem aumentar o ROI no Agro



Luciana Miranda






Profissional com mais de 20 anos de experiência no desenvolvimento de produtos e inovação. Luciana atuou em grandes empresas, como CI&T, Coca-Cola Company e Accenture.


Comments


Commenting has been turned off.
bottom of page